O q vc tá procurando? Digite aqui

15 de abril de 2010

JESUS NÃO TEM GRAÇA (reflexão, crítica e altas doses de sarcasmo)


 
Jesus não tem graça. Não nos filmes de terror, como solução para os problemas, abrigo fiel para os amedrontados, aquele que pode colocar pra correr qualquer monstro, demônio, alma penada...
Jesus não tem graça. Não nos bate-papos da galerinha irada, porque Jesus não tem nada a ver com os assuntos em que a turma está antenada, Ele não curte MTV, não tecla no MSN e provavelmente não sabe os nomes dos personagens da Malhação.
Jesus não tem graça. Não numa mesa de bar, porque a cachaça é sempre a melhor companheira, onde o garçom é um amigo fiel, onde a música de corno fala forte aos corações.
Jesus não tem graça. Não na noitada, na balada e na “night”, porque ia preferir estar orando ou dormindo, porque não bebe álcool e porque não sabe “aproveitar” o “bom da vida”.
Jesus não tem graça. Não nos jornais, porque não é ladrão, assassino, corrupto e muito menos uma celebridade de Hollywood.
Jesus não tem graça. Não nas novelas da TV, onde os espíritos portam a verdade que está além da vida, onde as cartomantes são grandes sábias, onde igreja é coisa de trouxa.
Jesus não tem graça. Não num filme de ficção científica, embora seja filho do Criador da Física, porém Seu nome não casa muito bem com a robótica, cibernética, naves espaciais ou qualquer coisa reservada apenas a homens “avançados” e “esclarecidos”.
Jesus não tem graça. Porque não tem superpoderes, não é mutante, não saem raios mortais de seus olhos e nem usa uniformes maneiros com capa e tudo.
Jesus não tem graça. Porque Ele não deve ser ligado em Dolce & Gabana, Armani e provavelmente não tem cheiro de Boticário.
Jesus não tem graça. Não no Halloween, onde vampiros, bruxas, caveiras e até o diabo são muito mais atraentes porque simbolizam o mal, pois o bem não é para gente esperta. E Jesus é o bem.  
Jesus não tem graça. Não no dia da final do campeonato, da copa do mundo, mas parece que Ele é o único que foi capaz verdadeiramente de dar a vida por um time que só dá vergonha e nem lhe retribui a torcida.
Jesus não tem graça. Não numa coleção de obras renomadas da Literatura, porque Jesus não matou ninguém, nem se deitaria com Saraminda, muito menos com Capitu e nem declamaria Bocage, porque Jesus é muito “puritano”.
Jesus não tem graça. Não numa reunião de empresários, como modelo a ser copiado em honestidade e sabedoria, onde Ele não pode compactuar com trambiques, armações ou negócios duvidosos.
Jesus não tem graça. Não numa briga de casal, de irmãos ou mesmo de vizinhos, porque Jesus não entende que precisamos desabafar, bater, espancar, extravasar, mostrar domínio e não levar desaforo para casa. Outra face? Esquece.
Jesus não tem graça. Não numa igreja que serve a homens, onde mais vale o “venha a nós” do que o “ide”, onde fazer a vontade de Deus está super fora de mora, onde eu recebo a chave da vitória que abre a porta do sucesso, menos da Vida Eterna.
Jesus não tem graça. Não numa noite de carnaval, onde o que valem são as máscaras, as fantasias e a “alegria”, embora depois tudo volte ao normal e tenhamos de admitir que foi tudo vão e inútil. Mas mesmo assim, Jesus não tem graça.
Jesus não tem graça. Não num namoro quente, na pegação, numa ficada de momento, porque Jesus é sinônimo de compromisso, e somos jovens e não podemos perder nosso tempo. Portanto, Jesus, não rola...

É... Percebe como a vida é tão sem graça pra quem só vive de Jesus pra lá, Jesus pra cá? Pra que eu perderia tudo de bom que a vida pode me dar, se esse Jesus aí é fraco demais? O que eu vou querer com um Jesus cuja única graça foi ter morrido numa cruz, humilhado e violentado como um animal? Pra que viver seguindo um Jesus que não me deixa fazer o que eu quiser com minha vida, com meu corpo, meu dinheiro? Apesar de saber que ainda assim continuará faltando alguma coisa pra encher meu vazio, prefiro esperar a próxima estação, a próxima moda, a próxima mania, o próximo prazer, e assim vou enchendo esse espaço periodicamente, de tempos em tempos. Viu? Ninguém precisa de Jesus.
Eu quero mais é viver.
Você aí, amigo, não acha que eu tenho razão? Não importa se morrermos e pra onde iremos depois, desde que não desperdicemos a vida como imbecis que não sabem aproveitá-la. Garçom, a próxima!!!

5 comentários:

Igor Reale disse...

Jesus tem graça sim. Atribuir a qualquer figura ou imagem , uma dose de imagem é a maior das homenagens. Lembrando que a figura de Jesus já foi mantida por um milênio inteiro pela igreja católica como arauto do sofrimento e coisas do tipo. Talvez atribuir algo mais leve não o torne menos sagrado,porem mais acessivel.Não esquecendo que ele já foi homem. Marvin, para ilustrar este comentário, sugiro que você assista "O sétimo selo", do cineasta Ingmar Bergman.Gosto muito dos seus texto.Dê uma olhada no meu blog tambem. Tem textos novos.

Poesias-Franciéle R.Machado disse...

Percebi que ha ironia no seu texto né, para quem acha isso mais importante,do que Jesus,tantas outras coisas são mais admiradas do que a obra de Jesus,do quanto conseguiu utilizar de sua bondade, ter a capacidade de perdoar coisas imperdoáveis, que nos humanos comuns tantas vezes não conseguimos.
Jesus deve ser admiridado por ser um bom exemplo, e sem ele e Deus na nossa vida as coisas saem do rumo,falo isso por tudo de bom que aconteceu com a minha familia, não que tenha ficado perfeito, mas melhorou muito depois que começamos a frequentar verdadeiramente uma igreja,não pela igreja,mas por sentirmos a presença de Deus e Jesus em nossas vidas. =)

Boa Tarde!

Felipe disse...

Falar de Jesus por si só já é complicado, e todos tem uma imagem diferente dele. Acredito na figura de um Jesus humano e, por acreditar nessa crença, eu o veja como um ser pleno, apesar do ser Divino que ele é e representa. Dai ele ter tanta graça como qualquer pessoa no universo. -e isso me leva a pensar que, nos dias de hoje, ele não seria tão diferente de você ou de mim, ou mesmo de qualquer outra pessoa, dai ele curtir (ou não né!)malhação,ver filmes, sair, e qualquer outra coisa própria de nossa cultura, e acredito que ele possa viver tudo isso sem a condição do pecado! pois o que ele demonstrou em exatamente isso em sua passagem pela Terra, a aproximadamente 2000 anos atrás- e foi justamente o que fez com que as pessoas se aproximassem dele - seu afeto e simplicidade, com uma sabedoria sem igual. As pessoas tendem a divinizar muito sua figura, eu, por outro lado, tenciono humanizá-la e ai então consigo enxergar nele, o eleito de Deus que ele é - as vezes é preciso divinizar o humano e humanizar o divino!.

Poesias-Franciéle R.Machado disse...

Deixei um selo para você em meu blog, se quiser o aceite e siga as regras! =)

http://franpoesias.blogspot.com/p/indicacao-de-selos.html

Bjos!

Isabela Nery disse...

vc me deixou quase sem palavras e quase sem comentário. aihsoiash ;* - execelente!