O q vc tá procurando? Digite aqui

7 de julho de 2011

crônica: ROBERTA



Depois da imensa fila, a vez dele chegou. A atendente pegou seu boleto, avaliou tudo, digitou algumas coisas no computador e em seguida o informou:
- Cento e vinte e dois reais e quarenta e nove centavos, senhor.
Ele abriu a carteira, enquanto espiava furtivamente o nome da moça escrito no crachá: Roberta.
- Humm... Roberta!- leu ele, num tom audível, para conferir a reação dela- Belo nome, nome forte.
Roberta o ignorou, estava morta de fome em plenas três da tarde e aquele homem estava ensaiando uma cantada muito da sua barata.
- Pela sua cara, posso apostar que é a primeira vez que te dizem isso, né? "Roberta, nome forte". Mas é que é verdade. Você sabe o que significa o nome "Roberta"?
- Não sei não, senhor.
- Pôxa, também não sei. Mas quando a gente pronuncia, já reparou que existe um poder diferente na voz? Principalmente no "ber".
Roberta se levantou um instantinho para providenciar o troco do homem, que a seguia com os olhos.
- Todas as Robertas que eu conheço são mulheres de fibra, tipo Roberta Miranda. Tem também a Roberta Close, a Roberta da música do Pepino Di Capri... Aposto que você tem uma personalidade marcante.
Aonde diabos esse cidadão queria chegar com esse papinho furado? Era o que se passava na cabeça de Roberta, que já estava recontando o troco do sujeito pela quarta vez, por ele desconcentrá-la o tempo todo.
- Pronto. Mais alguma coisa, senhor?
- Na verdade eu estava pensando em te chamar pra sair.
Ela fez cara de ponto de interrogação, e o folgado estava bem à vontade, pois a única pessoa que estava aguardando na fila se dirigiu ao caixa ao lado que ficara desocupado.
- Senhor, eu acharia melhor que...
- Imagina só: seria a primeira vez que eu sairia com uma Roberta. Já saí com Jéssicas e Marisas, mas esses nomes não possuem tanta personalidade. Vixe, sem falar das Julianas, essas são verdadeiros porres. As Brunas são meio-termo e as melhores são as Soraias. Mas nenhuma delas se compara a uma Roberta. Hummmm.... Roberta, isso é que é mulher!!
- Senhor, o senhor está me causando um certo constrangimento...
- Roberta, pra que esperar mais? Não vê que a vida está te dando a chance de ser feliz aqui e agora?
- Senhor, eu sou casada.
O indivíduo sacou do nada uma rosa vermelha, cheirou-a e ofereceu à atendente. 
- É tua, incomparável criatura! Para enfeitar-te os cabelos.
Ela pegou a rosa, morta de vergonha, os outros caixas dando risinhos discretos, os outros clientes prestando atenção à cena bizarra; um guri bem próximo estava gravando para postar na Internet.
- Senhor, se eu enfeitar os meus cabelos com essa rosa, o senhor se retirará?
- Case-se comigo, Roberta. Pelo amor de Deus!
Roberta por um momento desconfiou que fosse uma pegadinha, pegou-se procurando as câmeras, só viu as mesmas de sempre, do próprio banco. Só podiam estar pregando uma peça. O caixa ao lado comentou:
- Seu dia de sorte, Roberta Cristina!
O maluco galanteador olhou para Roberta com uma expressão de frustração e exclamou, indignado:
- Roberta Cristina?! Mas que combinação medonha! Eu odiei, perdeu toda a personalidade. Não pode juntar "Roberta" com "Cristina". "Cristina" é um nome que acompanha outros, acompanha Helen, Pâmela, Kelly... Pra você ter uma ideia, até o Roupa Nova tem uma música com esse nome. Céus, que decepção, senhorita Roberta Cristina!
- É senhora, senhor- corrigiu ela humildemente.
- Nunca mais venho aqui. Banquinho mixuruca! Adeus, Roberta Cristina!- ele se despediu em tom de puro desdém.
Depois que aquele tipo curioso atravessou a porta, cumpriu o que prometeu. Nunca mais nem Roberta Cristina e nem aquele banquinho mixuruca ouviram falar dele. Mas ela passou a levar pra vida toda a máxima "Roberta, nome forte".


5 comentários:

Aalsmeer disse...

Pior, "ROBERTA" NOME FORTE, FICO IMAGINANDO COMO SERIA VC FAZER ALGO COM O NOME "ALESSANDRA" E AS MARIAS? rsrs... legal tua crônica.

Pr.Luizneto disse...

Que criatividade, confesso q fiquei imaginando a cena na minha mente.
E pior é que sempre tem alguem pra arrumar uma cristina e tirar seu dia de sorte. kkk

Maressa Reis disse...

Legal!Deu p/ perceber que ele realmente não gostava dela, só do nome, rsrrs. E ele tinha razão, Roberta definitivamente não combina com Cristina. Não é todo nome composto que é tão bom quanto o meu,kkkkk...

Babi Leão disse...

Morri de rir! Muito bom, amo essas crônicas! Lembrei de um episódio que aconteceu comigo. O rapaz ficava falando " Bárbara... Que nome forte, não?!" rsrsrs
Parabéns !

Mensagem Efêmera disse...

O que será de mim, reles Ingrid Lara? rs. :)
Gostei muito da tua crônica, maninho. PRA VARIAR.